Arquivo diário 7 Novembro, 2017

Porbaba

GÉNIO BACAR CASSAMÁ – ESPELHO DO SABER AFRICANO EM BISSAU

Bacar Cassamá, um ‘génio’ informático de 25 anos de idade que nasceu na cidade de Catió, Região de Tombali, Sul da Guiné-Bissau, uma localidade que dista a 258 quilómetros da capital Bissau. Iniciou os estudos primários, do primeiro ciclo e liceais em Catió, mas sempre com uma boa referência da parte dos professores.

Baba, nome que igualmente é conhecido no seio dos seus próximos é um exemplo para a juventude guineense de que é possível capitalizar os conhecimentos a partir de casa, ou seja, a partir de África. Fez o curso médio de manutenção e reparação de computadores no Centro de Formação “Doze Pedras” no bairro de Plack-1, arredores da capital Bissau.

UM VERDADEIRO ‘ENGENHEIRO’ INFORMÁTICO FORMADO EM BISSAU

A vontade e a determinação levou-o a fazer muito mais que a simples manutenção e reparação de computadores, atualmente faz quase tudo que tem a ver com os softwares e um pouco da parte rígida ou melhor hardwares. Também é um Designer Gráfico, apresentador e técnico de rádio, Web Master e Empreendedor.

As suas habilidades na área da informática obrigou os seus próximos lhe chamarem de ‘Génio’ ou simplesmente de ‘ENGENHEIRO’. Títulos que humildemente, nega, alegando que apenas está esforçar-se naquela área, mas ainda lhe falta uma formação superior para aceitar o título de ENGENHEIRO.

Para muitos jovens guineenses estudar fora do país, sobretudo, na Europa ou no Brasil, assim como em alguns países africanos é sinonimo do conhecimento, mas Baba é uma das figuras que surgiram para contrariar essa suposição errónea, pois, formou-se num humilde centro de Bissau, mas atualmente está na lista de informáticos mais destacados do país.

A prova do valor deste jovem na sociedade guineense, são as demandas que recebe, desde as pessoas que solicitam a produção de convites de festa, de casamento, cartões de visitas, desdobráveis, flyers (panfletos), cartazes e cartões biométricos de identificação nos serviços. Cassamá ainda sem a possibilidade de fazer impressões destes trabalhos, mas faz seus desenhos e depois segue-se para o centro da cidade para impressões dos mesmos.

Não obstante de ter destacado muito no domínio de Designer Gráfico, um dia numa conversa com Cassamá, ele me disse: ‘Designer para mim é como uma diversão, por exemplo, quando trabalho muito e quero refrescar a memória, eu prefiro desenhar no meu computador, muitas vezes chego a um resultado que nem sempre esperava chegar’.

Bacar Cassamá surpreende a cada dia que passa, sendo um jovem que sabe utilizar positivamente a internet, atualmente desenvolve aplicativos, sobretudo para rádios. A primeira experiência foi na rádio onde ocupa as funções de Web Master, trata-se da Rádio Capital FM (CFM), para a qual Baba desenvolve dois aplicativos, ambos já se encontram há muito tempo disponível no Google Play Store (GPS). Também para sua empresa ‘Bcassama Tecnologias’ desenvolveu uma aplicação gratuita no disponível no GPS. Foi autor da criação da página da Rádio Capital no servidor www.caster.fm, onde a rádio emite atualmente através da internet no endereço – www.radiocapital.caster.fm.

Ainda no Google Play Store, o jovem informático disponibilizou um aplicativo para a Rádio Sensibilização, uma estação emissora islâmica da capital Bissau, totalizando quatro aplicações da sua autoria já disponível no motor de programas do Google, tendo muitos ainda para colocar a disposição dos internautas fãs dos aplicativos para Smart phones.

Baba está quase a terminar o portal eletrónico da Rádio Capital FM. Criou aplicativo para o músico nacional Patche de Rima, que brevemente estará disponível no Google Play Store. O novo desafio que o jovem ‘génio’ informático encarra atualmente, tem a ver com desenvolvimento de um portal da música guineense, onde as pessoas passarão a desfrutar das músicas nacionais, assim como conhecer um pouco o percurso dos nossos músicos.

Foi o primeiro técnico informático no país a colocar pela primeira vez a emissão direto de uma rádio guineense [a Rádio Capital] no facebook, desde 06 de março de 2017 no endereçowww.facebook.com/cfmgw. Criou os blogues do Fórum Social para a Projeção da Cultura Guineense e ‘O Golo GB’, blogue desportivo que agora já passou para um portal de desporto guineense.

A sua capacidade e a vontade de trabalhar cativou a Agência Nacional de Cajú (ANCA-GB – uma instituição do governo guineense) atribuir-lhe a responsabilidade de dinamizar o seu serviço informático, bem como trabalhar o logotipo da instituição, boletins informativos, cartões de serviço biométricos, banco de dados e criação de um website. Cassamá já prestava serviços de manutenção e reparação de computadores naquela instituição encarregue de regular o setor do ‘Ouro’ Guineense – Cajú. Devido ao seu empenho e talento foi contratado pela ANCA-GB para fazer parte dos seus quadros técnicos.

GÉNIO INFORMÁTICO ADERE O EMPREENDEDORISMO COM A EMPRESA ‘BCASSAMA TECNOLOGIAS’

Como empreendedor, Baba criou a sua própria empresa denominada de ‘Bcassama Tecnologias’, embora numa fase embrionária, mas o sonho deste jovem é torná-la numa grande empresa e criar postos de emprego no país.

Além da Rádio Capital FM, Bacar Cassamá presta serviços informáticos para a Rádio Galáxia de Pindjiguiti, sua antiga casa, onde saiu para a CFM, assim como para o semanário da capital guineense ‘Última Hora’ e de cidadão comum.

Mesmo com toda a ocupação, Cassamá produz e apresenta o último programa da Rádio Capital denominado ‘Até Amanhã’ que começa às 23 horas tempo de Bissau e termina às 01 da madrugada de segunda a sexta-feira.

Admirado por todos que lhe conhecem, Cassamá é um jovem aberto para partilhar com toda gente os seus saberes, nas suas palavras sempre menciona as pesquisas que sempre faz e continua a fazer como os segredos, se é que são, da sua constante evolução no domínio informático.

MENINO DE CATIÓ ADMIRADO E RESPEITADO POR INFORMÁTICOS COM FORMAÇÃO SUPERIOR

Já se cruzou várias vezes com informáticos com licenciatura e mestrados vindos dos estudos no estrangeiro, mas sempre ficam com grande admiração e respeito para Bacar Cassamá, mesmo revelando, humildemente, a todos que apenas fez um curso médio no centro de formação ‘Doze Pedras’ de Bissau.

Fato que vai ajudar em desminar a mente dos guineenses que pensam que só estudando no estrangeiro é que podemos adquirir conhecimentos, mas Baba marca a diferença no meio de muitos informáticos formados fora do país.

Todos os jovens da Guiné-Bissau em particular e da África em geral podem ver na figura de Bacar Cassamá um espelho de que é possível crescer aqui no continente e ser uma referência em relação aos que preferem estudar fora para ‘serem melhores’. Dj Baba como também é conhecido no âmbito da rádio, traz um respeito e consideração para muitos jovens que estudaram no país. Para ele (Bacar Cassamá), a aprendizagem está na nossa vontade e dedicação e não nas escolas e nos países que formamos.

Bacar Cassamá nascido a 24 de junho de 1992, na cidade de Catió, onde igualmente destacou-se muito cedo e razão pela qual se ingressou na rádio comunitária local ‘Rádio Educativa Voz de Tombali’, mostrando suas qualidades na área técnica com apenas 18 anos de idade na altura, ou seja, em 2010.

Cassamá é jovem que adapta a quase todos os ambientes, mantendo uma ligação regular a sua terra Natal, Catió, onde desloca-se quando justificar, dada a sua ocupação em Bissau.

Por: Sene Camará